Lugar de mulher é no AGRO!

Por Ana Sampaio*

Lugar de mulher é onde ela quiser. Sim, essa frase já virou um clichê, mas a gente não cansa de dizer. E hoje, dia 08 de março, em que celebramos o Dia Internacional da Mulher é importante que isso seja enaltecido. Porém, quero parafrasear dizendo que LUGAR DE MULHER É NO AGRO!

E se tem uma coisa que eu posso dizer com propriedade é isso. Nesses meus pouco mais de 10 anos de atuação no mercado de trabalho enquanto jornalista, vivi, fiz e contei muitas histórias. Mas o que realmente ganhou meu coração e me tornou uma profissional posicionada foi o agro. Especialmente histórias de mulheres, de grandes mulheres que precisam trabalhar, falar, provar e estudar o dobro para alcançar os espaços que almejam.

Mato Grosso é o maior produtor agropecuário do país e o terceiro maior produtor do mundo. Com certeza lugar de mulher é no agro sim. E em Mato Grosso mais ainda. Trabalhei em uma instituição do agro por alguns anos e foi lá que eu comecei a ver e reconhecer o papel da mulher neste setor. E afirmo que a presença feminina no campo, sejam elas profissionais ou produtoras, crescem a cada safra.

Ao longo dessa minha trajetória de comunicadora do agro, conheci e aprendi com muitas mulheres que estavam à frente de grandes equipes, com grandes responsabilidades. São mulheres à frente de setores como administrativo e financeiro. Ou emplacando e estudando grandes temas como a sustentabilidade. E até mesmo pensando no futuro através da pesquisa científica. E tem as que estão no dia a dia do campo, por todo estado, para atender as mais variadas demandas do setor. Eu conheci. São profissionais mestres, doutoras, pós-doutoras com muitos anos de experiência e que se dedicam diariamente e são do agro. Lá é o lugar delas.

Claro, as produtoras rurais. Grandes mulheres à frente dos seus negócios, cuidando do escritório, assumindo a produção, subindo na colheitadeira, na plantadeira, nos tratores, na lida com os animais no campo. Mulheres que estão na liderança em suas empresas, propriedades e nas cidades onde moram.

Grandes movimentos criados e liderados por mulheres como as Agroligadas, o AgroMulher, projeto Mulheres do Agro, programa Mulheres em Campo e tantos eventos e cursos para ‘elas’. Temos também as inúmeras influenciadoras, palestrantes, agro coaches e consultoras.

E foi o agro que me fez a profissional de hoje. Com muitos pontos de melhoria, mas com potencial e diferencial para este setor que me deu oportunidade, a qual abracei com todo meu conhecimento, força e determinação de mulher. Me preparo diariamente para os desafios profissionais e pessoais e sei que meu lugar é no agro. E tenho o prazer de empreender ao lado de outra mulher que é uma potência na comunicação do agro.

Para todas as mulheres, profissionais que querem ingressar neste setor, sejam bem-vindas. O lugar de vocês é aqui. O agro tem muita oportunidade e nós mulheres temos o diferencial. O agro é para mulher!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.